Saúde Infantil

Vacinação Infantil: Calendário Atualizado e a Importância de Manter as Vacinas em Dia

Vacinação Infantil: Calendário Atualizado e a Importância de Manter as Vacinas em Dia

A vacinação é uma das intervenções de saúde pública mais importantes e eficazes, capaz de prevenir doenças graves, hospitalizações e até mesmo mortes entre crianças. Manter o esquema vacinal atualizado é crucial para proteger não apenas a saúde dos pequenos, mas também a comunidade como um todo, através da imunidade coletiva.

 

A Importância da Vacinação

Vacinas funcionam ensinando o sistema imunológico a reconhecer e combater patógenos, sejam vírus ou bactérias. Quando uma criança é vacinada, seu sistema imunológico desenvolve memória contra a doença, estando muito mais preparado para combatê-la se exposto no futuro. Além disso, ao manter uma alta taxa de vacinação na população, podemos proteger aqueles que são incapazes de ser vacinados devido a condições médicas, através da chamada imunidade de rebanho.

 

Calendário de Vacinação Atualizado

O calendário de vacinação infantil é atualizado regularmente por órgãos de saúde pública para refletir as melhores práticas e recomendações com base em evidências científicas. Aqui, apresentamos um resumo do calendário para crianças, destacando as vacinas mais comuns e as idades apropriadas para cada uma. É importante consultar um profissional de saúde ou o sistema de saúde local para obter o calendário mais recente e específico para sua região.

  • Ao nascer: BCG (contra formas graves de tuberculose) e Hepatite B.
  • 2 meses: Pentavalente (Difteria, Tétano, Coqueluche, Hepatite B e Haemophilus influenzae tipo b), Poliomielite, Pneumocócica 10-valente, Rotavírus.
  • 4 meses: Segundas doses de Pentavalente, Poliomielite, Pneumocócica 10-valente, Rotavírus.
  • 6 meses: Terceiras doses de Pentavalente e Poliomielite; primeira dose da vacina Influenza (gripe), repetida anualmente.
  • 12 meses: SRC (Sarampo, Caxumba e Rubéola), Varicela, Meningocócica C ou ACWY.
  • 15 meses: Quarta dose de Poliomielite, segunda dose de Varicela, reforço da Pneumocócica 10-valente e da Meningocócica C ou ACWY.

Dicas para Manter as Vacinas em Dia

  1. Mantenha um Registro de Vacinação: Guardar um registro atualizado das vacinas recebidas é fundamental para acompanhar o esquema vacinal da criança.
  2. Consultas Regulares ao Pediatra: Aproveite as consultas regulares para revisar o cartão de vacinação e certificar-se de que todas as vacinas estão em dia.
  3. Esteja Atento às Campanhas de Vacinação: Participar das campanhas de vacinação pode ser uma excelente oportunidade para atualizar as vacinas.
  4. Eduque-se sobre as Vacinas: Entender a importância de cada vacina pode ajudar a priorizar a vacinação dentro da rotina familiar.
  5. Consulte Fontes Confiáveis: Em caso de dúvidas sobre vacinas, consulte profissionais de saúde ou sites de órgãos oficiais.

Conclusão

A vacinação infantil é uma ferramenta poderosa de prevenção de doenças. Manter o esquema vacinal das crianças atualizado é um ato de responsabilidade com a saúde dos pequenos e da comunidade. Consulte sempre um profissional de saúde para orientações específicas e mantenha-se informado sobre atualizações no calendário de vacinação.

Lembre-se: vacinar é um ato de amor. Proteja as crianças, proteja o futuro.

 

Texto originalmente desenvolvido para o portal Papo de Infância. Caso deseje utilizá-lo total ou parcialmente, favor citar a fonte.
Share this article :
Facebook
Twitter
LinkedIn